Custo e prejuízo anual do cybercrime evidencia a necessidade de governança

ISACA logo

A ISACA elogiou o relatório Cost of cybercrime” (Custo do cibercrime), do Instituto Ponemon, pelos detalhes fornecidos nos custos indiretos de ataques de segurança em TI, assim como as novidades que as organizações estão focando mais recursos nas suas metodologias de detecção e forense. De acordo com o relatório, a detecção provisória das tecnologias de segurança pode ajudar a reduzir custos, se elas forem implementadas e monitoradas adequadamente.

Alguns pontos em governança e segurança de TI são essenciais para a estratégia da ISACA com o seu COBIT framework, cuja versão 5 está disponível para exposição pública até 18 de setembro.

O COBIT é uma ferramenta de suporte que permite aos gerentes preencher as lacunas entre requerimentos de controle, valores de criação, problemas técnicos e riscos de negócios em suas organizações. Empresas de diversos portes ao redor do mundo têm implementado o COBIT para ajudar a gerenciar seus riscos de TI e para aumentar seus níveis de privacidade de informações.

O relatório também indica a pressão em cima dos custos associados com essas atividades vitais de segurança no ambiente da empresa, que é onde entra a vantagem do COBIT, já que permite ao gerenciamento planejar e implementar seus sistemas de segurança e tecnologias da maneira mais efetiva possível.

Estamos preparados para a era da Segurança da Informação?

Oi, Galera,

Estamos preparados para a era da Segurança da Informação?
Postado por Renato Rodrigues em 3 03America/Sao_Paulo agosto 03America/Sao_Paulo 2011 (16:07) em Segurança
O mundo está passando uma evolução da era de informação para a era da segurança da informação. Uma nova pergunta se encontra em muitos meios de comunicação: As companhias e governos ao redor do mundo estão preparados para estes novos desafios?
A maioria das pessoas que utilizam a internet frequentemente já tiveram algum tipo de experiência relacionada à segurança da informação. As pessoas estão cada vez mais cientes sobre os riscos que a internet pode trazer no dia a dia e os impactos na privacidade das pessoas. Nos últimos 15 anos, as companhias estiveram focadas em criar e popularizar este sistema de informação de uso massivo, sem pensar sobre os riscos que poderiam ser apresentados no futuro.
O crescimento do uso da internet fez que a informação se encontrasse disponível a um clique na comodidade dos lares. Junto com este crescimento, também nasceram usuários diferenciados com conhecimentos avançados sobre informática: os chamados "hackers".
Um "novo" participante entra na equação, depois das notícias de vários casos, comprometendo a segurança de empresas como Sony, Amazon, Mastercard, Visa, Paypal, além de órgãos governamentais ao redor do mundo. São grupos dentro do underground da internet com fins políticos/ativistas que dizem ser a "voz do povo".  Grupos descentralizados de pessoas que compartem interesses comuns com uma posição contra a censura. Estes grupos passaram a ter um papel muito importante apontando falhas de vulnerabilidades nos sites considerados mais seguros do mundo e que têm como missão lutar por causas que eles consideram justas para o povo, baseadas em liberdade de expressão. Entre os mais conhecidos, temos o Anonymous e o LulzSec.
É importante que as empresas e governos estejam cientes da capacidade e potencial destes grupos de pessoas, já que também existem grupos cibernéticos com fins que não necessariamente são para ajudar a uma boa causa e que podem se aproveitar de alguma falha. Mecanismos de segurança básicos precisam ser otimizados e controles de segurança têm de ser aplicados em todas as camadas dentro do fluxo da informação digital.
O caso dos EUA deu um exemplo de como deve ser priorizado o tema segurança, criando um exército cibernético com mais de 30 mil soldados disponíveis para atuar frente a qualquer eventualidade. É importante, além de se implementar mecanismos de segurança automatizados, fundamental para melhorar controles, também contar com pessoas devidamente capacitadas monitorando o tráfego da informação em tempo real com a experiência suficiente para atuar rapidamente frente a qualquer tentativa de ataque. A lógica humana é algo que as máquinas ainda não conseguem simular e é uma ferramenta comum para burlar mecanismos de segurança.
Certamente a Internet abriu uma porta para se criar melhores ferramentas, sites e sistemas mais seguros, ajudando a melhorar a transparência dos governos e mitigar problemas de corrupção. Mas não podemos esquecer tampouco que as pessoas têm direito a ter privacidade dos seus dados. Estes grupos de ativistas e as grandes companhias/governos certamente acabam de dar início a uma guerra, onde esperamos que os beneficiados dos resultados sejam sempre os usuários finais.

IDG Now!: Governo criará empresa para inovação em TI

IDG Now!
http://www.idgnow.com.br

Esta notícia foi enviada para você por rubensplima@gmail.com

Governo criará empresa para inovação em TI
Chamada de Embrapi, nova companhia tem o objetivo de apoiar industrias nacionais em pesquisa e desenvolvimento de projetos diferenciados.
Por Redação da Computerworld*

Leia a matéria completa em: http://idgnow.uol.com.br/mercado/2011/08/03/governo-criara-empresa-para-inovacao-em-ti

Veja esta e outras notícias relevantes no IDG Now!:
http://www.idgnow.com.br

---------------------------------
Copyright 2011 Now!Digital Business Ltda. Todos os direitos reservados.
A reprodução total ou parcial de qualquer meio ou forma sem expressa autorização por escrito do Now!Digital Business Ltda. é proibida.
IDG Now! é uma propriedade do International Data Group, Inc., licenciado pelo Now!Digital Business Ltda.

IDG Now!: Artigo: Cinco mitos sobre a carreira em TI

IDG Now!
http://www.idgnow.com.br

Esta notícia foi enviada para você por rubensplima@gmail.com

Artigo: Cinco mitos sobre a carreira em TI
A evolução profissional levou à criação de um comportamento padrão que nem sempre deve ser seguido por quem busca o sucesso.
Por Dave Willmer*

Leia a matéria completa em: http://idgnow.uol.com.br/carreira/2011/08/08/artigo-cinco-mitos-sobre-a-carreira-em-ti

Veja esta e outras notícias relevantes no IDG Now!:
http://www.idgnow.com.br

---------------------------------
Copyright 2011 Now!Digital Business Ltda. Todos os direitos reservados.
A reprodução total ou parcial de qualquer meio ou forma sem expressa autorização por escrito do Now!Digital Business Ltda. é proibida.
IDG Now! é uma propriedade do International Data Group, Inc., licenciado pelo Now!Digital Business Ltda.

COMPUTERWORLD: Ameaças avançadas forçam TI repensar prioridades de segurança

COMPUTERWORLD
http://www.computerworld.com.br

Esta notícia foi enviada para você por rubensplima@gmail.com

Ameaças avançadas forçam TI repensar prioridades de segurança
Security for Business Innovation Council sugere alguns cuidados que companhias precisam ter para evitar ataques sofisticados.
Por Ellen Messmer, da Network World/US

Leia a matéria completa em: http://computerworld.uol.com.br/seguranca/2011/08/05/ameacas-avancadas-forcam-ti-repensar-prioridades-de-seguranca

Veja esta e outras notícias relevantes no COMPUTERWORLD:
http://www.computerworld.com.br

---------------------------------
Copyright 2011 Now!Digital Business Ltda. Todos os direitos reservados.
A reprodução total ou parcial de qualquer meio ou forma sem expressa autorização por escrito do Now!Digital Business Ltda. é proibida.
COMPUTERWORLD é uma propriedade do International Data Group, Inc., licenciado pelo Now!Digital Business Ltda.

Trabalhe para empresas em todo o mundo, sem sair de casa

Trabalhe para empresas em todo o mundo, sem sair de casa: "Sites permitem que profissionais encontrem trabalhos em qualquer local. Maioria das oportunidades é para programadores e desenvolvedores"